Macramê


Parte da tendência em decoração para 2018 são os produtos de origem artesanal. Certamente você já deve ter visto vasinhos de plantas suspensos por cordas entrelaçadas em nós, isso é Macramê.

O macramê é uma técnica de tecelagem manual bastante antiga onde não se usa nenhum tipo de maquinário, apenas os dedos entrelaçando os fios formando os nós.

Mas essa técnica não se limita aos tais vasinhos. A variedade de produtos que podem ser alcançados através do macramê é bastante vasta, indo de peças de roupas a cabeceiras de cama. Onde a imaginação alcançar.

Muitas das nossas avós devem ter tido (ou ainda tem) algum elemento desses em casa e, atualmente a decoração de interiores tem valorizado muito a questão afetiva dos objetos que compõem o ambiente.

A técnica difere um pouco dependendo da quantidade e do tipo de fios utilizados.


Conversamos com a artesã

Fatima Fongaro, que produz uma linha de produtos em macramê para nos contar mais curiosidades dessa técnica:

Conexão: Como surgiu o macramê?

Fátima: O macramê é considerado uma renda, também chamado de abrolhos, uma técnica de origem francesa trazida ao Brasil pelas freiras. Antigamente nos colégios haviam aulas de macramé, de costura, de bordado.

Conexão: Que tipo de fios são usados para fazer o macramê?

Fátima: Os fios a serem utilizados vão desde simples e finas linhas, a fios de algodão, materiais mais encorpados como cordonês, barbantes, fibras naturais como palha, sisal, fios sintéticos ou encerados, à malhas, lycras, outros tecidos e tiras de couro.

Conexão: O que é possível fazer utilizando essa técnica?

Fátima: O macramê encanta pelas suas infinitas possibilidades, seja de tramas, desenhos, texturas ou mesmo de produtos que podem ser criados, dá asas à imaginação. Desde acessórios como cintos, pulseiras, brincos, bolsas, sandálias à peças para casa, como cortinas, divisores de ambientes, abajures e luminárias, almofadas, peças decorativas para parede, suportes para vasos, prateleiras suspensas, móbiles, redes, cadeiras de balanço, barrados de toalhas, centros de mesa, jogos americanos e por aí vai basta pensar um cômodo da casa, imaginar e criar uma peça única e exclusiva pra ele.


Conexão: É uma técnica difícil de executar?

Fátima: Difícil, no meu ponto de vista, é tudo aquilo que desconhecemos, mas quando aprendemos e praticamos, o deixa de ser. Considero o macramê como trabalhoso, uma técnica que exige principalmente muita paciência, dedicação e atenção aos detalhes. Há alguns tipos de nos, alguns mais básicos e outros mais avançados e elaborados.

Conexão: Que recomendações você daria para quem quer aprender?

Fátima: Que busque alguém que domine a técnica para pegar umas dicas e as principais orientações de como começar. Há muitas revistas também que mostram passo a passo alguns nós e a execução do trabalho, assim como vídeos explicativos também, mais fáceis de visualizar se comparados a fotos. Mas nada se compara a ter alguém ao seu lado, que domine a técnica e esteja disposto a ensinar, tirando dúvidas e auxiliando no que for preciso. O principal mesmo é se identificar com o trabalho, gostar de trabalhos manuais e colocar muito amor em tudo o que fizer.

Se você se interessou em adquirir uma peça exclusiva feita em macramê, pode entrar em contato diretamente com a artesã Fátima Fongaro através do telefone (11) 99296-5517 ou do email: fatimafongaro@gmail.com.

Conheça um pouco do seu trabalho e delicie-se com as inspirações tiradas do Pinterest!










199 visualizações

Siga-nos

  • Pinterest
  • Facebook
  • Instagram

R. Nardy Muller da Costa, 185 CS 12 - Curitiba - PR - 81220-060

Prazo médio de entrega 15 dias úteis

©2020 Desenvolvido por Conexão Cool